Escleroterapia em varizes guiada hemodinamicamente

Casos mais simples podem ser resolvidos sem procedimento cirúrgico através de injeção ou laser na veia foco do problema. Pacientes que não possuem uma grande quantidade de veias dilatadas, que possuem pouco envolvimento da safena ou que já foram operados de varizes podem se beneficiar.

O procedimento consiste inicialmente em um exame diagnostico para definir de onde vem o fluxo que está sobrecarregando as veias. Seguido de uma injeção direto dentro da veia responsável pelo problema. Muitas vezes a eliminação da fonte hemodinâmica do sangue já murcha boa parte das veias.

Nos casos em que as veias não murcham o necessário para resultado cosmético, seguimos com laser e escleroterapia nas colaterais.

Infelizmente alguns casos podem não responder bem a injeção e necessitar uma cirurgia posteriormente.

Entenda o princípio do fracionamento para tratar varizes.