Posso resolver o meu caso com meias elásticas se eu tive varizes?

As meias elásticas, também conhecidas como meias de compressão, são amplamente utilizadas para melhorar a circulação sanguínea, e, portanto, as varizes.

Esses tipos de meias são indicadas para a prevenção e tratamento de varizes e outras doenças venosas.

Basicamente, elas realizam a função que as veias das pessoas não conseguem mais fazer.

Então, por exemplo, quando o paciente tem a veia varicosa dilatada, a parede dessa veia é bastante fraca e o sangue se acumula nas pernas, sem conseguir retornar perfeitamente para o coração.

Com isso, as meias de compressão funcionam como uma bomba anti-gravidade, auxiliando no regresso do sangue e melhorando a circulação sanguínea.

No mercado atual, existem diversos modelos de meias com diferentes tipos de pressão.

Dessa forma, é possível que o paciente utilize o tipo que mais se enquadra com a sua situação.

Para te ajudar a compreender se o seu caso pede a utilização das meias elásticas, continue lendo esse artigo que desenvolvemos especialmente para você!

Para quais casos é a meia elástica?

Em primeiro lugar, é necessário salientar que para quem tem poucas varizes ou quase nada, o uso das meias não traz benefícios.

Nessas situações, o correto é recorrer a cirurgia para evitar trombose.

Entretanto, pessoas que têm muitas varizes, casos muito graves com úlcera ou flebite, é necessário utilizar a meia elástica, exceto se existir algum tratamento para resolver o caso.

Se não, o paciente deve utilizar meias elásticas todos os dias enquanto estiver em pé.

Vale lembrar que não é necessário ter rigor ao usar meias à noite para dormir, porque como estamos deitados, a pressão diminui e o sangue volta sozinho.

Existem pacientes em que as varizes não são tão graves, mas que são maiores, com edema e inchaço.

Nessas situações, não existe a obrigatoriedade de usar meias.

Contudo, algumas pessoas optam pela utilização por que às vezes evita a progressão, então a veia tem um ritmo de dilatação menor.

Com isso, evita-se a formação de edema, úlcera e flebite.

Outras situações nas quais são indicadas o uso de meias de compressão são:

  • Insuficiência venosa;
  • Histórico de trombose;
  • Histórico de síndrome pós-trombótica;
  • Gravidez;
  • Pós-operatório no qual o paciente precise ficar o dia todo sentado ou deitado;
  • Pessoas idosas com a circulação comprometida.
meias elásticas
Meias de compressão

A disciplina para usar meias

Mesmo com tantas indicações, as pessoas não têm a disciplina de estar constantemente vestindo a meia.

Mas em casos em que o paciente porta veias em estados mais graves e precisa trabalhar o dia inteiro em pé, estar em eventos ou fazer uma viagem mais longa, é melhor ir com meia para não sofrer.

Então, por exemplo, se uma mulher trabalha de meia calça o dia todo, porque não usar logo uma meia de compressão que já ajuda com o problema de varizes?

Como citamos no início, existem diversos modelos atualmente e as meias elásticas de baixa compressão se parecem muito com as do estilo legging elástica.

Você sente que as meias elásticas não funcionam bem para suas varizes?

Se a meia elástica não funciona, algo deve ser feito. Ou o seu caso está piorando ou a meia de compressão está sendo mal usada.

Lembre-se que as meias tem validade, ou seja, com 180 dias de uso diário, ela fica frouxa, assim como uma roupa velha.

Por isso, recomenda-se trocar as meias a cada 6 meses, não por uma questão estética, mas sim porque a meia elástica não está mais tratando.

Essas informações foram úteis para você? Se ainda restarem dúvidas, entre em contato conosco! Você pode ler mais conteúdos sobre varizes em outros artigos no nosso blog! Fique à vontade para explorar.

como usar meias de compressão