Cremes que prometem melhorar as varizes

Funcionam ou é propaganda enganosa?

Vemos muitas pessoas usando estratégias para amenizar ou eliminar as varizes com cremes e produtos estéticos, que muitas vezes prometem milagres e dificilmente vão poder cumprí-los. 

A seguir, falaremos de uma forma mais detalhada sobre o uso de cremes e produtos, dos medicamentos vendidos livremente em farmácias e das receitas caseiras que circulam na internet. Confira:

Cremes para varizes:

  • A grande maioria dos cremes para varizes não têm um efeito real no tratamento. Aqueles que têm um efeito gelado, por exemplo, dão a sensação temporária de melhora na aparência, isso acontece porque o frio contrai o vaso e ele some, mas logo que a perna esquentar os vasinhos e varizes aparecem de novo. Se você quiser fazer um teste, pegue um cubo de gelo e passe em cima da veia, ela  desaparecerá  por cerca de 30 minutos, mas depois ela voltará a aparecer. Este procedimento não configura um tratamento, apenas produz um efeito imediato e de pouquíssima duração! 

A hidratação da pele das pernas é fundamental para manter a saúde delas. Talvez seja este o maior efeito de um creme para varizes. Poderíamos dizer que a função primordial dos cremes não é diminuir as varizes, porque isso não vai ocorrer sem um tratamento médico, mas sim, hidratar a pele das pernas.

As propagandas destes produtos mobilizam as emoções das pessoas que sofrem com as varizes, e que muitas vezes acabam comprando até mesmo por impulso, produtos que não funcionam!

Medicações vendidas livremente em farmácias:

Remédios para varizes, com eficácia comprovada, normalmente precisam ser receitados por médicos. Nas farmácias brasileiras existem mais de 40 tipos de remédios que tratam varizes e destas dezenas de medicamentos, pouquíssimos possuem comprovação científica de eficácia. Eles não funcionam para fazer sumir os vasinhos indesejáveis, mas para pacientes que tenham dores nas pernas, inchaço ou alguns sintomas de câimbra podem ser úteis. 

Nestes casos, consulte sempre  o seu médico para definir o uso adequado destes medicamentos. Investir em exercícios físicos e na diminuição da gordura corporal quando está em excesso são ações eficazes para evitar o alastramento das veias, que muitas vezes ocorrem por causa do aumento do folículo adiposo que por sua vez aumenta a drenagem venosa local e dificulta o retorno. Desta forma, controlar o peso e a gordura local pode ser interessante!

Receitas Caseiras:

Vemos na internet fórmulas maravilhosas, que misturam uma planta com outra e prometem acabar com os vasinhos e varizes, mas isso não causa um efeito real na diminuição delas. O que podemos fazer em casa é manter as pernas sempre hidratadas e usar alguns truques caseiros para melhorar a aparência das pernas, caso isso lhe incomode.

Para deixar as pernas com aparência mais bonita pode-se passar protetor solar com cor ou protetor solar comum com um pouco de base quando for à praia, por exemplo. Existem também, alguns cremes e sprays específicos para maquiar as pernas. Se a situação for muito complexa a ponto de diminuir a sua auto estima, se você tem evitado usar roupas que mostram as pernas, sempre vale a pena procurar auxílio médico e tratar de maneira adequada. 

As varizes são um problema global da circulação de sangue das pernas. O fato de se ter uma manchinha no meio da coxa não significa que o seu problema é apenas aquela manchinha, muitas vezes outras veias, não visíveis, estão envolvidas. Os procedimentos que focam apenas no que está aparente, na maioria das vezes não apresentam bons resultados, os vasinhos voltam logo e não vale a pena investir nestes tratamentos, a não ser que seja um caso que já foi avaliado pelo seu médico. 

Tratamentos apressados podem ocasionar o aparecimento de mais veias, por que o nosso corpo entende que veia eliminada faz falta e pode criar outras! O sangue precisa passar e no momento em que um caminho foi retirado, nosso organismo criará outro, por isso, quando retiramos o caminho desordenadamente podemos criar novos caminhos indesejáveis.  

Uma avaliação completa com o seu médico e um tratamento que busque resolver o problema por completo é sempre a melhor opção!

Se você quiser pode deixar comentários ou fazer perguntas nos nossos links aqui abaixo.